• Informe-se
  • Notícias do MPT/AL
  • MPT participa de 4ª Seminário do Abril Verde de Saúde e Segurança do Trabalho em Coruripe

MPT participa de 4ª Seminário do Abril Verde de Saúde e Segurança do Trabalho em Coruripe

Evento contou com palestras e apresentação teatral para convidados e funcionários de usina

Maceió/AL - O procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Alagoas, Rafael Gazzaneo, participou, nesta quinta-feira (5), do 4ª Seminário do Abril Verde de Saúde e Segurança do Trabalho, que foi realizado na Usina Coruripe, em município homônimo. Ao lado das entidades que fazem parte do Movimento Abril Verde e dos funcionários da empresa, o representante do MPT acompanhou as palestras sobre aspectos jurídicos dos acidentes de trabalho e gestão de segurança nas atividades agrícolas. 

“O Abril Verde corresponde a um momento muito especial para o Ministério Público porque, dentre as muitas preocupações da nossa instituição, nós encaramos a engenharia e a medicina do trabalho como prioridades. Elas envolvem o cuidado que devemos ter com a incolumidade física dos trabalhadores e com a própria vida, já que acidentes de trabalho podem ser fatais. Daí nosso entusiasmo com a campanha, que é um espaço de discussão para que os trabalhadores e a sociedade se conscientizem de se observar as normas de saúde e segurança laborais”, disse o chefe do MPT em Alagoas.

Procurador Rafael Gazzaneo representou MPT no seminário do Movimento Abril Verde em Coruripe. Foto: Rafael Barreto (Ascom/MPT)
Procurador Rafael Gazzaneo representou MPT no seminário do Movimento Abril Verde em Coruripe. Foto: Rafael Barreto (Ascom/MPT)

O presidente do Sindicato dos Técnicos de Segurança do Trabalho no Estado de Alagoas (Sintestal), Harrison David Mais, também se fez presente no seminário e defendeu os investimentos em equipamentos e ações que garantam o bem-estar do trabalhador: “A segurança do trabalho e a produtividade podem andar juntos. Só depende da gestão de cada empresa. Quando o trabalhador usa equipamentos de proteção individual, recebe treinamentos, existe esse investimento, nós olharemos os números mais à frente e constataremos que valeu a pena investir em saúde e segurança do trabalho”.

O advogado Cláudio Lima Silva e o gerente agrícola Pedro Carnaúba, ambos da Usina Coruripe, palestraram, respectivamente, sobre Aspectos Jurídicos dos Acidentes de Trabalho e suas implicações” e Gestão de Segurança nas Atividades Agrícolas. “O número aceitável de acidentes de trabalho é zero. Será que se fossem nossos filhos, sobrinhos, amigos, acharíamos quem um acidente seria pouco?”, questionou o segundo gestor, antes de apresentar as ações adotadas pela empresa na garantia da segurança dos seus funcionários.

Além das palestras, o Movimento Abril Verde realizou uma apresentação teatral com um ator do Serviço Social da Indústria (Sesi) em Alagoas para mostrar a importância dos gestores e trabalhadores das empresas em protagonizaram iniciativas de saúde e segurança do trabalho.

Abril Verde

O Movimento é resultado de uma parceria entre a Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Alagoas (Ademi), Grupo Prevencionistas, Ministério Público do Trabalho (MPT), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Serviço Social dá Industria (Sesi), Serviço Social do Comércio (Sesc), Sindicato da Indústria da Construção do Estado de Alagoas (Sinduscon), Sindicato dos Técnicos de Segurança do Trabalho no Estado de Alagoas (Sintestal), Superintendência Regional do Trabalho (SRTb/AL) e Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região (TRT/AL). O Movimento ainda conta com o apoio da Usina Coruripe, Liga Acadêmica de Saúde do Trabalhador (Last) e Maceió Shopping. 

Neste ano, o 4º Seminário Abril Verde de Saúde e Segurança do Trabalho será realizado em Maceió e em duas cidades do interior do Estado. A primeira cidade a receber o evento foi Coruripe. Na manhã do dia 12 de abril, será a vez da cidade de Arapiraca receber o evento.

No período de 16 a 30 de abril, o Movimento Abril Verde promove a exposição fotográfica "Trabalhadores", a qual retrata as condições de trabalho em segmentos com grande incidência de irregularidades no ambiente laboral. As obras, de autoria de Geyson Magno, André Esquivel e Walter Firmo, foram extraídas dos livros “Trabalho” e “O Verso dos Trabalhadores”, publicados pelo Ministério Público do Trabalho (MPT).

No domingo, dia 29 de abril, será realizado um Plantão de Saúde na Rua Fechada da Ponta Verde, das 8h às 12h. Ao longo de todo o mês de abril, o Movimento Abril Verde realizará ações educativas e apresentações teatrais do Sesi em várias indústrias.

Imprimir