• Informe-se
  • Notícias do MPT/AL
  • Milhares de comerciários elegem nova diretoria do Sindicato dos Trabalhadores no Comércio

Milhares de comerciários elegem nova diretoria do Sindicato dos Trabalhadores no Comércio

Eleição, coordenada pelo Ministério Público do Trabalho, acontece nesta quarta-feira, 10, em diversos pontos de Maceió; pleito acontece após MPT obter na justiça o afastamento da diretoria, por irregularidades

Maceió/AL – Milhares de trabalhadores comerciários de Alagoas devem eleger, nesta quarta-feira, 10, a nova diretoria do Sindicato dos Empregados no Comércio (SECEA/AL). A eleição acontece após o Ministério Público do Trabalho (MPT) obter, judicialmente, o afastamento dos diretores - por irregularidades na condução do sindicato - e a nomeação de uma Junta Governativa provisória.

A eleição para o Secea acontecerá das 8h às 17h. As urnas - 47, no total - ficarão localizadas no Atacadão (Jacarecica e Tabuleiro), Casa Vieira (Centro, Cruz das Almas, Farol e Shopping Pátio), GBarbosa (Cruz das Almas, Jatiúca e Serraria), Grupo Bompreço/Walmart (Antares, Farol, Jatiúca, Sam’s Club Maceió, Pajuçara e Ponta Verde), Leroy Merlin, Maceió Distribuidora e Importadora de Alimentos Ltda., Maceió Shopping e MixFarma.

Também são locais de votação a OAB Centro, Objetiva Distribuidora, Palato (Farol e Ponta Verde), Paragominas Home Center, Paróquia de São Maxmiliano Kolbe, Parque Shopping, Shopping Pátio Maceió, Supermercado Cesta de Alimentos (Jacintinho e Tabuleiro), Supermercado Leste Oeste, Supermercado Preço Bom, Tupan Construções e Unicompra (Cambona, Cruz das Almas – Parque Shopping, Farol, Jatiúca, Ponta Grossa, Ponta Verde). A lista com o endereço de todos os locais de votação está disponível aqui.

Estarão habilitados a votar os trabalhadores com, pelo menos, seis meses de registro em Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS). Os comerciários aptos deverão apresentar, no local de votação, sua CTPS ou o Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) junto com um documento oficial com foto. A votação definirá a composição dos membros titulares e suplentes da Diretoria e do Conselho Fiscal do SECEA/AL, além dos delegados ao Conselho de Representantes da Federação ligada à entidade sindical.

A contagem dos votos também acontecerá no dia 10, após todas as urnas serem recolhidas. Ainda na mesma data, ocorrerão a divulgação do resultado e posse dos eleitos.

Ação judicial

A ação judicial que levou a Junta Governativa ao SECEA teve início após o MPT acolher denúncia da Central Única dos Trabalhadores de Alagoas (CUT/AL), que apontou diversas irregularidades na eleição para a direção da entidade classista em 2009.

Segundo a procuradora do MPT Adir de Abreu, foram verificados “irregularidades e desmandos cometidos pelo presidente da entidade sindical na direção do processo eleitoral”, além da “falta de publicidade do prazo para inscrição das chapas”.

Uma das principais ilegalidades apontadas foi a falsificação de diversas assinaturas na lista de votantes da eleição. A fraude foi confirmada por exame pericial determinado pela Justiça do Trabalho. A permanência do mesmo grupo na direção do SECEA por quase 30 anos também foi destacada pela representante do MPT.

Imprimir