• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
    • convenio cooperativas coleta MPT
    • samu decisão MPT segurança
    • Posse PRF MPT Alagoas
    • oab conferência MPT Alagoas

    • tjc-abertura

    • MPT e cooperativas comemoram assinatura de convênio para a coleta seletiva domiciliar em Maceió
    • Decisão judicial obriga Estado a pagar multa por não oferecer condições de segurança no SAMU
    • Ministério Público do Trabalho prestigia posse de novo superintendente da PRF em Alagoas
    • MPT participa de abertura da XI Conferência Estadual de Advocacia da OAB/AL
    • MPT participa de capacitação do projeto nacional Trabalho, Justiça e Cidadania

    MPT e cooperativas comemoram assinatura de convênio para a coleta seletiva domiciliar em Maceió

    MPT instaurou procedimento para discutir com o município a necessidade de remunerar as cooperativas pelos serviços, como forma de manutenção de empregos e promoção da cidadania

    Maceió/AL – As cooperativas de coleta de resíduos sólidos de Maceió deram um importante passo para ampliar as atividades de coleta seletiva, geração de emprego e renda e desenvolvimento sustentável. Depois de buscar apoio do Ministério Público do Trabalho (MPT), Coopvila, Cooprel Serraria, Cooprel Benedito Bentes e Cooplum assinaram um convênio com o município de Maceió, na manhã de quarta-feira, 24, no auditório do Sebrae, para a implantação da coleta seletiva domiciliar na capital.

    Imprimir

    Decisão judicial obriga Estado a pagar multa por não oferecer condições de segurança no SAMU

    Ausência de cinto de segurança e condicionadores de ar quebrados nas viaturas, além da falta de EPIs básicos para o atendimento médico diário, colocam em risco os trabalhadores; execução de decisão provisória atendeu pedido do Ministério Público do Trabalho

    Maceió/AL – Uma decisão da 6ª Vara do Trabalho de Maceió, fixada com base no pedido de execução provisória proposto pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), obriga o Estado de Alagoas a pagar R$ 80 mil, no prazo de 48 horas, por não oferecer condições mínimas de segurança e conforto no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). O MPT em Alagoas obteve liminar da justiça para obrigar o Estado a realizar adequações no ambiente laboral, mas as determinações não foram cumpridas na sua totalidade.

    Imprimir

    Ministério Público do Trabalho prestigia posse de novo superintendente da PRF em Alagoas

    Maceió/AL – O procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Alagoas, Rafael Gazzaneo, representou a instituição, na última quinta-feira, 18, na posse do novo superintendente regional da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Alagoas, Juliano Quintella Malta Lessa. A solenidade aconteceu no auditório da Casa da Indústria, no bairro do Farol.

    Imprimir

    MPT participa de abertura da XI Conferência Estadual de Advocacia da OAB/AL

    Maceió/AL – O Ministério Público do Trabalho (MPT) marcou presença, na última quarta-feira, 17, na abertura da XI Conferência Estadual de Advocacia da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Alagoas (OAB/AL). O evento, considerado de grande relevância para a advocacia alagoana, reuniu autoridades, procuradores, juízes, advogados, estudantes e representantes de áreas ligadas ao Direito na discussão de temas atuais para o avanço da advocacia e sociedade.

    Imprimir

    MPT participa de capacitação do projeto nacional Trabalho, Justiça e Cidadania

    Com a palestra “Valor Honestidade”, procuradora do Trabalho Rosemeire Lobo apresentou a professores a importância de valores essenciais para a vida em sociedade; programa é realizado, em Alagoas, pela Associação dos Magistrados (Amatra)

    Maceió/AL - O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Alagoas deu sua contribuição, na manhã desta quinta-feira, 18, às atividades de capacitação do programa Trabalho, Justiça e Cidadania (TJC), desenvolvido pela Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) e realizado, a partir do mês de maio, pela Associação dos Magistrados em Alagoas (Amatra). O MPT e outras instituições se tornaram parceiras no programa, que promove o conhecimento dos direitos e deveres dos cidadãos e fornece valores que fundamentem a vivência dos direitos.

    Imprimir

    • banner pcdlegal
    • banner abnt
    • banner corrupcao
    • banner mptambiental
    • banner transparencia
    • banner radio
    • banner videos
    • banner podcast
    • banner trabalholegal
    • Portal de Direitos Coletivos